0

30 dias com a trail Honda XRE 300 Rally

Começamos mais um Teste dos 30 Dias e desta vez com uma moto mais versátil: a Honda XRE 300. A trail mostra agilidade para o uso urbano e ainda tem fôlego para quem quer viajar por qualquer tipo de estrada. Tanto que tem sido um sucesso: em 2014 vendeu mais que sua irmã CB 300R e lidera a categoria trail também neste ano. Desde seu lançamento em 2009, já foram vendidas mais de 190 mil unidades da XRE 300.

A Honda disponibilizou a versão “Rally” que, de diferente, só traz mesmo os grafismos similares aos usados pela equipe HRC nas provas off-road. Mas vale ressaltar que a roupagem colorida confere um ar mais jovem ao modelo e chama a atenção de outros motociclistas. Muitos até acham que a moto tem peças em fibra de carbono, mas são apenas adesivos.

A XRE 300 na versão Rally só está disponível com sistema de freios C-ABS, que distribui a frenagem nas rodas e ainda conta com o sistema antitravamento – aliás, este é um diferencial da trail da Honda na categoria.

Cotidiano

IMG_9449 copyA XRE 300 é a única de sua categoria com freios C-ABS

Nesta primeira semana rodamos com a moto abastecida com somente com etanol, já que desde 2013 a XRE ganhou motor flex. Além da adoção da tecnologia bicombustível, a trail da Honda ampliou a capacidade do tanque para 13,6 litros, e consequentemente, ganhou mais autonomia.

Rodando na estrada e em perímetro urbano, com o combustível renovável, a XRE Rally fez média de 25,78 Km/litro. Fazendo uma conta rápida, dava para fazer um “bate e volta” entre São Paulo e Monte Verde (MG) – distante 165 km de São Paulo – com um tanque de etanol. O consumo da moto abastecida com gasolina será tema dos próximos posts.

Motor bicombustível

IMG_9446 copyAbastecida com etanol é possível rodar mais de 300 km com um tanque

Seu motor é um monocilíndrico de 291,6 cm³, com duplo comando de válvulas (DOHC) e refrigeração a ar. Alimentado por injeção eletrônica, o propulsor gera 26,3 cv de potência máxima abastecida com etanol. Na cidade o motor oferece força suficiente para largar na frente dos carros e na estrada permite fazer ultrapassagens com segurança. Seu câmbio possui cinco marchas e a velocidade máxima no painel fica em 145 km/h.

Ciclística equilibrada

IMG_9448 copy

 

 

FONTE: UOL CARROS

topcarros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *